Telecom S.A foi hackeada: hackers exigem resgate de US $ 7,5 milhões

Cibercriminosos desconhecidos conseguiram realizar um ataque de hackers à Telecom S.A, a maior empresa de telecomunicações da Argentina. Eles estão pedindo um resgate de US $ 7,5 milhões em criptomoeda privada Monero.

De onde vem a informação?

A informação relevante foi publicada na página oficial do famoso crypto-trader sob o apelido Alex Krüger.

https://twitter.com/krugermacro/status/1284642410258214914 

O que foi comprometido?

Segundo informações preliminares, esse hack não afetou os clientes da empresa e não afetou a prestação de serviços de forma alguma. A empresa perdeu o acesso aos arquivos do Office365 e OneDrive, bem como a alguns de seus documentos internos.

Requisitos de hackers

Os cibercriminosos estabelecem um prazo: se a administração da Telecom S.A não pagar o valor especificado até amanhã à noite (21 de julho de 2020), o valor do resgate será dobrado.

No momento da publicação desta notícia, os representantes da empresa não comentaram o plano de ação para resolver o incidente.