G7 vs Libra do Facebook

Os líderes financeiros das sete maiores economias do mundo anunciarão na terça-feira que o G7 se oporá ao lançamento do Libra stablecoin do Facebook até que seja finalizado e devidamente regulamentado. 

O projeto de declaração foi preparado para a reunião de ministros da Fazenda e governadores de bancos centrais dos Estados Unidos, Canadá, Japão, Alemanha, França, Itália e Reino Unido. O projeto afirma que os pagamentos digitais podem melhorar o acesso das pessoas aos serviços financeiros, aumentar a eficiência e reduzir custos. 

Mas esses serviços de pagamento devem ser devidamente regulamentados para não prejudicar a estabilidade financeira, a proteção do consumidor, a privacidade, a tributação ou a segurança da rede. 

Sem supervisão adequada, tais stablecoins podem ser usados ​​para lavagem de dinheiro, financiamento do terrorismo, proliferação de armas de destruição em massa e outras atividades ilegais. Tudo isso pode prejudicar a integridade do mercado e minar o sistema jurídico dos Estados.