Criptografia de ponta a ponta e segurança pública

Segundo fontes, o Reino Unido, os Estados Unidos, com a participação de outros estados, assinaram uma declaração conjunta sobre criptografia ponta a ponta e segurança pública. A declaração apela às empresas de tecnologia para garantir e tomar medidas para garantir que o uso de criptografia ponta a ponta não traga perigo e danos ao estado e à segurança pública.
Além do Reino Unido e dos Estados Unidos, a declaração foi assinada pela Austrália, Canadá, Índia, Japão e Nova Zelândia. O comunicado afirma que a criptografia ponta a ponta restringe o compartilhamento de conteúdo e torna impossível prevenir e investigar até mesmo os crimes mais graves, como terrorismo, tráfico de armas, drogas, prostituição, escravidão, exploração e abuso infantil.
Isso tem um sério impacto na segurança pública e incentiva as empresas de tecnologia a trabalharem com os governos para encontrar soluções e maneiras de manter os cidadãos seguros, sem comprometer a privacidade do usuário e a segurança da rede.